Parlamento

Ferro Rodrigues eleito presidente da Assembleia da República

O candidato apresentado pelo Partido Socialista venceu a eleição desta tarde, feita pelos deputados. No discurso de posse, Ferro Rodrigues exigiu "respeito pela soberania" do Parlamento e apelou a compromissos.

Eduardo Ferro Rodrigues obteve 120 votos, contra 108 do outro candidato, o social democrata Fernando Negrão.

PCP e Bloco de Esquerda tinham anunciado apoio formal à eleição do socialista. É desconhecido o sentido de voto do deputado do PAN.

No primeiro discurso após a eleição, e no início de uma legislatura que considera que vai ser "muito exigente", Ferro Rodrigues lembrou que "a Democracia é um regime de separação de poderes" e exigiu respeito pelo Parlamento.

"Respeitamos a soberania e a autonomia dos Tribunais, do Governo e do Presidente da República. Nesse sentido, temos o direito e o dever de exigir respeito pela soberania da Assembleia da República", disse Ferro Rodrigues aos deputados.

O novo presidente da Assembleia da República lembrou que o Parlamento é o "espaço da expressão de diferenças", mas também da "construção de compromissos e equilíbrios".

Ferro Rodrigues, defendeu que a "história de compromissos e convergências" tem "forçosamente de se repetir" no tempo atual em que "nenhuma força teve maioria absoluta" e a responsabilidade de todos "é acrescida".

O socialista que ocupa agora o segundo lugar na hierarquia do Estado argumentou que "assim como não há deputados de primeira e segunda, também não há grupos parlamentares de primeira e de segunda, coligações aceitáveis e outras banidas" e exigiu respeito pela "soberania da Assembleia da República".