XI Convenção Nacional do BE

Bloquistas estão "descomplexados" depois do apoio ao Governo do PS

Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do BE, salienta o trabalho feito nos últimos três anos e garante que não há "nenhum" complexo por parte do Bloco. "Um Governo do BE fará toda a diferença", diz.

O líder parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, afirmou, este sábado, à entrada para a XI Convenção Nacional do BE, que os bloquistas não têm qualquer complexo relativo ao percurso dos últimos três anos, depois da assinatura, em 2015, de uma posição conjunta com o PS.

"Estamos hoje descomplexados e mais capazes de dizer ao povo português que estamos aqui com capacidade para governar. E com a certeza que um Governo do BE fará toda a diferença", afirmou o líder do grupo parlamentar bloquista, no Pavilhão do Casal Vistoso, em Lisboa.

Segundo o deputado, não há dentro do BE "nenhum" complexo pelo apoio ao Governo liderado por António Costa, até porque, defende, é "um orgulho quando o primeiro-ministro vem dizer que é bom aumentar todos os anos o Salário Mínimo Nacional".

"Ele [o primeiro-ministro, António Costa] não propunha isto nas eleições", salientou Pedro Filipe Soares, que, acrescentou: "O ministro Vieira da Silva foi a eleições dizendo que queria congelar as pensões e agora vem dizer que é bom aumentarmos as pensões todos os anos".

Para o líder parlamentar do BE, desde 2015, o BE conseguiu "convencer primeiro-ministro e ministros da razão das propostas" bloquistas que "ajudam a melhorar a vida das pessoas".

Questionado sobre a necessidade de o partido dizer aos eleitores qual será a estratégia do BE depois de conhecidos os resultados das eleições, Pedro Filipe Soares atirou: "É importante saberem que quando forem votar no BE vão votar num programa de Governo para o país, consequente, responsável e com respostas a muitas coisas que muitos diziam ser impossível".

"Estamos agora mais capazes", sublinhou ainda o líder parlamentar do BE.

  COMENTÁRIOS