Política

Frente Comum diz ao Governo para ouvir PSD mas deixa recado a Rui Rio

O líder social-democrata defendeu um aumento de salários de 1,4% para os trabalhadores do Estado e a divulgação da lista dos grandes devedores aos bancos apoiados com fundos públicos.

A coordenadora da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública sugere ao Governo que tenha em consideração as duas propostas ontem feitas por Rui Rio.

O líder social-democrata defendeu um aumento de salários de 1,4% para os trabalhadores do Estado e a divulgação da lista dos grandes devedores aos bancos apoiados com fundos públicos.

Ana Avoila dá boa nota às proposta, mas também deixa reparos ao PSD: "Há outras coisas. Rui Rio sabe perfeitamente o que o PSD fez ao longo dos anos aos trabalhadores da função pública. Se agora chegou à conclusão que pode haver uma saída para repor direitos, sim senhora. É preciso é passar das palavras aos atos. Não é estar hoje fora do Governo e dizer e depois estar no Governo e fazer a mesma coisa ou pior".

Helena Rodrigues, do Sindicato dos Quadro Técnicos do Estado, defende que face aos constrangimentos em vários domínios do Estado seria bom que se soubesse quem são os grandes devedores à banca.

A TSF contactou também o Ministério das Finanças para perceber que acolhimento têm estas propostas. O gabinete do ministro Mário Centeno considera que este não é o momento oportuno.

  COMENTÁRIOS