XI Convenção Nacional do BE

Marisa Matias é a cabeça de lista do BE às eleições europeias

Anúncio feito por Catarina Martins, que fala da "melhor candidata que o país pode ter" ao Parlamento Europeu. Marisa Matias garante "ânimo, entusiasmo e empenho".

A eurodeputada Marisa Matias é a cabeça de lista do Bloco de Esquerda às eleições europeias de 2019. A confirmação surgiu pela coordenadora do BE, Catarina Martins, durante o discurso de abertura da XI Convenção Nacional do BE, que se realiza hoje e amanhã, em Lisboa.

"A proposta que farei à próxima Mesa Nacional, se assim for o sentido da decisão desta Convenção, é esta: que seja a Marisa Matias a nossa primeira voz nas eleições europeias de maio de 2019", disse Catarina Martins, num anúncio que motivou muitos aplausos por parte dos delegados presentes no Pavilhão do Casal Vistoso.

Segundo a coordenadora do BE, a eurodeputada é "não só a melhor candidata que o BE pode ter, mas a melhor candidata que o país pode ter".

"Nunca recusou um combate por difícil que fosse, levantou-se contra a dívida no tempo em que obedecer à 'troika' parecia escolha única e fez a difícil campanha europeia de 2014. Foi a nossa candidata a presidente e juntou um país que em 2016 quis fazer melhor e teve um resultado extraordinário", sublinhou Catarina Martins.

E acrescentou: "Ela foi a candidata que teve mais votos em Portugal numa eleição presidencial, ainda um dia uma mulher será presidente".

No arranque da XI Convenção Nacional do BE, a coordenadora do BE disse ainda que Marisa Matias é "a eurodeputada que não falha nenhuma causa" e que conta com "reconhecimento em Portugal e em toda a Europa", sendo uma deputada ao Parlamento Europeu "incansável" na defesa de matérias como ambiente, direitos humanos, trabalho, liberdades, saúde ou paraísos fiscais.

Marisa Matias é eurodeputada desde 2009 e foi reeleita em 2014. No Parlamento Europeu, preside à delegação para as relações com os países do Maxereque, que inclui o Líbano, a Jordânia, a Síria e o Egito.

Eurodeputada não adianta objetivos eleitorais, mas garante "ânimo e empenho"

Depois de Catarina Martins ter anunciado que irá propor à Mesa Nacional do BE o nome de Marisa Matias como cabeça de lista às europeias do próximo ano, a eurodeputada não quis traçar qualquer objetivo eleitoral, mas manifesta que existe confiança num bom resultado.

"Eu estou disponível [para ser cabeça de lista], sempre estive, não é segredo para ninguém, mas temos de esperar que o partido decida formalmente (...) Mas estou segura de que independentemente da decisão, como se pode ver na Convenção, há ânimo, entusiasmo e empenho para reforçar a presença do BE a nível nacional ou europeu", disse Marisa Matias.

À entrada para a XI Convenção Nacional do BE, a eurodeputada bloquista já tinha pedido "mais força" eleitoral para o BE nas eleições para o Parlamento Europeu.

Disse também que, no plano nacional - e sobre uma possível entrada do BE no Governo -, os bloquistas querem juntar "todas as forças" para uma viragem à esquerda: "O BE está disponível para juntar forças a todas as forças que queiram fazer política à esquerda neste país e ser mais exigentes".

Notícia atualizada às 13h56

  COMENTÁRIOS