Polémica José Silvano

Salvador Malheiro em defesa de Rio: alguma imprensa quer denegrir esta direção

Salvador Malheiro, presidente da Comissão Política Distrital de Aveiro do PSD e membro da direção de Rui Rio, aponta o dedo à comunicação social por notícias que atingem Rui Rio e lembra que é preciso que todo o partido ajude o seu presidente.

"Eu não atiro a toalha ao chão, de forma alguma. Agora, para que o PSD possa ter sucesso, para além da existência de um líder que é carismático e que faz política de uma outra forma, é necessário também que todo o partido ajude a esse objetivo - desde o militante de baixo até aos mais proeminentes", avisou o social-democrata, em declarações à TSF.

Salvador Malheiro analisou a polémica que envolve o secretário-geral do PSD, José Silvano, e o facto de este ter assinado a folha de presenças em algumas sessões no Parlamento às quais faltou. À TSF, Malheiro diz que alguns órgãos de comunicação estão a aproveitar-se do caso para atacar Rui Rio. "Naturalmente, o PSD sai prejudicado", constatou.

"Ou esses órgãos de comunicação social têm a certeza absoluta (...) de que tal prática não é replicada nos outros partidos, por outros líderes partidários - quer no presente, quer no passado -, ou então esta é mais uma prova cabal de que existem órgãos de comunicação que têm um objetivo muito claro: atingir e denegrir a atual direção de Rui Rio", criticou.

Sobre a resposta insólita de Rui Rui - por ter sido dada em alemão -, quando questionado pelos jornalistas acerca do caso José Silvano, Salvador Malheiro garante que se deveu ao facto de o líder social-democrata não fazer política a pensar no 'sound bite' (uma declaração curta e de forte impacto, com o intuito de ser citada em discurso direto pelos media).

"Rui Rio não vai atrás do 'sound bite', para ele são bem mais importantes as questões nacionais. Compreende-se perfeitamente esta forma de estar perante uma pressão constante sobre questões que não são decisivas para o futuro do país", defendeu Malheiro.

  COMENTÁRIOS