Morreu há 10 anos António Sérgio, um dos maiores divulgadores de música

John Peel Português deixou os amantes da rádio incrédulos há uma década.

Faz esta sexta-feira 10 anos que morreu António Sérgio, um dos maiores divulgadores de música em Portugal. Um nome de peso da rádio que defendeu até ao fim o direito à diferença, a liberdade de escolha e influenciou gerações num tempo sem YouTube e Spotify.

Foi há uma década que a voz do lobo, o John Peel Português, ou simplesmente "O Mestre", deixou os amantes da rádio e da música incrédulos. António Sérgio, muito mais do que apenas um radialista, afinal não tinha as sete vidas de que tanto falava e a sua morte prematura era uma realidade em que ninguém queria acreditar.

António Sérgio concentrou toda a sua carreira na divulgação da música, muito antes do CD e da Internet, foi ele que descobriu e mostrou pela primeira vez, a várias gerações, nomes como Xutos & Pontapés, Iggy Pop, John Cale, Stranglers, Joy Division ou Bauhaus.

Deixou um legado inesquecível no panorama radiofónico e musical, e deixou também muita escola junto dos profissionais de rádio.

Aqui, na paixão que nos une, nunca havemos de esquecer o lobo que lançava chamas, fazia sinais de fumo e listas rebeldes.

Confira também a música que os portugueses Mata Ratos fizeram em homenagem ao Mestre da Rádio e ao programa Som da Frente:

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Outros Artigos Recomendados