CGD, BCP e Novo Banco avançam com processo de 26,9 milhões de euros contra Isabel dos Santos

As duas empresas em causa detêm as participações indiretas de Isabel dos Santos na NOS.

A Caixa Geral de Depósitos (CGD), o BCP e o Novo Banco avançaram esta sexta-feira com um novo processo de 26,9 milhões de euros contra a empresária Isabel dos Santos, de acordo com informação disponível no portal Citius.

Segundo o portal, deu entrada no Juízo Central Cível de Lisboa um processo no valor de 26,9 milhões de euros interposto pelos três bancos, que tem como réus Isabel dos Santos, a Kento Holding Limited, sediada em Malta, e a Unitel International Holdings BV, com sede nos Países Baixos.

As duas empresas em causa detêm as participações indiretas de Isabel dos Santos na NOS, que se encontram arrestadas.

A este processo juntam-se outras ações em tribunal que envolvem a banca e a empresária, envolvida no escândalo Luanda Leaks, que levou ao arresto ou perda de participações em várias empresas nacionais, como a Efacec, que foi nacionalizada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de