Confederação do Comércio quer prolongamento do lay-off simplificado até setembro

O novo modelo de regime de lay-off simplificado deve ser aprovado esta quinta-feira em Conselho de Ministros.

O presidente da Confederação do Comércio e Serviços defende a manutenção do regime de lay-off simplificado até setembro como a melhor forma de defender o emprego.

Depois de ouvir as propostas do Governo que passam pela substituição desse modelo por outro tipo de apoios, João Vieira Lopes diz à TSF que há o risco de se deitar fora uma experiência que teve bons resultados.

"Para nós não é muito claro que tipo de apoios são esses e temos bastante receio que alterar completamente o sistema neste momento seja complicado quer para as empresas perceberem quer para pôr a funcionar toda a máquina burocrática nesse sentido", sustenta.

O novo modelo de regime de lay-off simplificado deve ser aprovado esta quinta-feira em Conselho de Ministros, mas até lá a Confederação do Comércio e Serviços vau ainda fazer um esforço para convencer o Governo a manter o atual regime de lay-off: "Vai haver contactos com o Governo até amanhã nesse sentido. Nós manteremos a nossa posição e tentaremos, naturalmente, influenciar o Governo no sentido em que esta solução nos parece a mais adequada."

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de