Endividamento recorde: mais de 757 mil milhões de euros

O endividamento da economia aumentou 4 mil milhões de euros no espaço de um mês.

A análise do Banco de Portugal (BdP) tornada pública esta quarta-feira mostra que, de abril para maio, o endividamento do setor não financeiro aumentou 4 mil milhões de euros e totalizou 757,5 mil milhões de euros.

Dos 757,5 mil milhões de euros, 46% dizem respeito ao setor público, um setor que aumentou a dívida 2,5 mil milhões de euros.

De acordo com o BdP, a "subida do endividamento do setor público resultou, sobretudo, dos acréscimos registados no endividamento junto do setor financeiro (1,5 mil milhões de euros) e no endividamento perante o exterior (0,8 mil milhões de euros)".

Já "no setor privado, o endividamento das empresas privadas aumentou 1,0 mil milhões de euros, evolução explicada principalmente pelo financiamento obtido junto do exterior (0,7 mil milhões de euros). O endividamento dos particulares aumentou 0,4 mil milhões de euros, refletindo o financiamento obtido junto do setor financeiro", salienta o BdP.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de