Governo lança novas linhas de crédito no valor de sete mil milhões

O ministro da Economia assegura que valor é para "ir gerindo" em setores como comércio, serviços e indústrias.

O Governo fez uma notificação à Comissão Europeia para aprovar novas linhas de crédito no valor de sete mil milhões de euros para que Estado "ir gerindo à medida das necessidades" e para apoiar diversos setores mais frágeis da economia.

Em entrevista à TSF, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, revelou que os sete mil milhões de euros "podem não ser lançados todos de uma vez" e realçou que "há algumas áreas em que vai ser mais importante avançar, em particular no setor do comércio e serviços que foi muito afetado pelo encerramento decretado pelo estado de emergência".

O objetivo é também dar resposta a um conjunto de fatores industriais e outros, "que vão nesta altura precisar muito de liquidez para pagarem a fornecedores, para manterem encomendas vivas e para conseguirem manter alguma atividade", explicou o governante.

O ministro da Economia acredita que, num contexto como o que se vive devido ao novo coronavírus, é preciso ter a "capacidade de apoiar crescimento da economia", tendo em conta que "pôr austeridade em cima de travão que veio de fora só pode agravar os problemas".

Assim, Siza Vieira lembra que "não há nenhum país no mundo" que tenha tomado medidas tão cedo como Portugal, e que grande parte das mesmas são para travar os impactos na economia, já que "o mais importante é preservar a capacidade produtiva das empresas e proteger o emprego".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de