"Ao PSD cabem 16 deputados. Estavam bastante mais." Rio explica porque deixou debate

Líder do PSD abandonou debate quinzenal no Parlamento para "dar o exemplo".

Depois de ter abandonado o debate quinzenal na Assembleia da República, Rui Rio veio explicar, perante os jornalistas, o que o levou a ter este comportamento, sublinhando que tem de dar o exemplo aos seus deputados, mesmo quando discorda daquilo que a conferência de líderes decidiu.

"A partir do momento em que se decide que no plenário só devem estar 46 deputados, embora discordando, nós devemos cumprir aquilo que a conferência de líderes decidiu. Fica perante a consciência de cada um se cumpre ou não. Ao PSD cabem 16, não estavam lá 16. Estavam bastante mais", justificou Rui Rio.

Mas o líder do PSD não se ficou por aqui.

"Temos de, perante a população portuguesa, ser os primeiros a dar o exemplo. Para mim isto é absolutamente sagrado, não podemos ter um comportamento diferente daquele que estamos a exigir ao povo português", afirmou o líder do PSD.

O social-democrata garantiu que deu todas as indicações necessárias à sua bancada e que as razões da desobediência terão de ser esclarecidas com cada um dos deputados que não cumpriu.

"Terá de perguntar a cada um. Aqui o que é grave é não haver a consciência, por parte de um deputado ou deputada, de cumprir aquilo que é pedido ao povo português. Isso para mim é absolutamente claro", acrescentou Rio.

O líder do PSP referiu que os critérios de escolha dos deputados no partido serem os membros da direção do grupo parlamentar, membros da direção do partido e membros da mesa da Assembleia da República.

A lista de deputados que cumpriram os critérios:
Adão Silva
Afonso Oliveira
André Coelho Lima
Carlos Peixoto
Catarina Rocha Ferreira
Clara Marques Mendes
Duarte Pacheco
Helga Correia
Hugo Carneiro
Isabel Meirelles
Isaura Morais
José Silvano
Lina Lopes
Luis Leite Ramos
Ricardo Baptista Leite
Rui Rio

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de