Avaliação de Costa, Governo e Marcelo em alta. Oposição nem por isso

Na sondagem Aximage TSF/JN, 63% dão nota positiva ao primeiro-ministro. Já o Presidente recolhe 61%. Mas os inquiridos confiam mais em Marcelo do que em Costa e querem maior exigência face ao Governo.

São as caras que mais têm aparecido nestes tempos de pandemia e é entre Belém e São Bento que se repartem as avaliações positivas da sondagem da Aximage para TSF/JN: tanto Marcelo Rebelo de Sousa como António Costa recolhem opiniões favoráveis acima dos 60%.

No caso do primeiro-ministro, mais de metade dos inquiridos (51%) consideram que tem governado "bem" e 12% até sobem a nota para "muito bem", num total de 63%, onde se inclui bem mais de metade dos eleitores que votam à esquerda.

Costa recolhe 18% de notas negativas, sobretudo junto de eleitores do PSD, e outros 12% respondem com um "nem bem nem mal".

A avaliação do primeiro-ministro supera a do Governo, que recolhe, nesta sondagem, 57% de opiniões positivas e 26% de negativas.

Pelo contrário, o desempenho da oposição divide os inquiridos, com 37% a darem nota positiva, com destaque para os eleitores do PS, enquanto outros 33% mostram-se críticos e 21% optam por avaliar como "nem bem, nem mal".

A caminho da recandidatura, Marcelo Rebelo de Sousa regista 61% de avaliações positivas: 44% consideram que a atuação do Presidente tem sido "boa", e 17% sobem para "muito boa". Marcelo recolhe o apoio de quase 80% dos inquiridos que dizem votar no PS, tem bons resultados junto de votantes nos partidos da esquerda e agrada ao eleitorado feminino, mais idoso e de classes mais baixas.

Entre os 22% que dão nota negativa destacam-se os eleitores do PSD.

Se tanto Marcelo como Costa estão em alta nas avaliações desta sondagem, é certo que os inquiridos (41%) manifestam maior confiança no Presidente. 33% depositam "igual confiança" nos dois e apenas 17% dizem confiar mais no primeiro-ministro, entre eles os eleitores da CDU.

Quando são questionados sobre o grau de exigência do Presidente face ao Governo, 62% defendem uma maior pressão, com destaque para os eleitores do PSD. 28% respondem que não. Em termos partidários, é entre os votantes do PS e da CDU que está quem considera que Marcelo não devia ser mais exigente com o Governo.

Ficha técnica
A sondagem foi realizada pela Aximage para a TSF e o JN, com o objetivo de avaliar a opinião dos portugueses sobre temas relacionados com a avaliação do Governo, da oposição e do Presidente da República.
O trabalho de campo decorreu entre os dias 5 e 8 de julho, Foram recolhidas 624 entrevistas entre maiores de dezoito anos residentes em Portugal. Foi feita uma amostragem por quotas, com sexo, idade e região, a partir do universo conhecido, reequilibrada por sexo e escolaridade.
À amostra de 624 entrevistas corresponde um grau de confiança de 95%, com uma margem de erro de 3.90%. A responsabilidade do estudo é da Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direção técnica de José Almeida Ribeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de