Eleito à primeira. Sondagem aponta Marcelo como vencedor absoluto


O atual Presidente nem sequer ainda se recandidatou, mas leva vantagem de 45pp sobre Ana Gomes, a segunda, na sondagem da Aximage para a TSF/JN. André Ventura fica atrás com 7,6%.

Ainda à espera de um sinal de Belém e quando todas as outras candidaturas já estão apresentadas, o nome de Marcelo Rebelo de Sousa (62,5%) surge, nesta sondagem, como provável vencedor, à primeira volta, das próximas eleições presidenciais.

Marcelo Rebelo de Sousa recolhe 62,5%, em segundo surge Ana Gomes com 17,2% (a uma distância de 45pp em relação ao atual Presidente), e em terceiro, André Ventura com 7,6% de intenções de voto (e a cerca de 10pp de Ana Gomes).

Marisa Matias, em quarto, regista 4,7% de intenções de voto, abaixo dos 10,1% que obteve nas Presidenciais de 2016.

Em quinto, está João Ferreira com 1,6%, pouco acima, de Tiago Mayan com 1,5% e o último é Tino de Rans que não chega a quebrar a barreira do 1%: está com 0,3%.

O PS e as presidenciais

A uma semana de ser formalmente anunciada a posição do Partido Socialista sobre as eleições presidenciais, existe uma clara maioria de inquiridos do PS -67%- que afirmam o voto em Marcelo Rebelo de Sousa, contra os 22,6% que escolhem Ana Gomes.

No capítulo da rejeição e potencial voto nos candidatos, entre os inquiridos do PS, 63% dizem que votariam "de certeza absoluta" em Marcelo, outros 31% admitem a possibilidade num total de 94%- valor idêntico ao que se regista junto dos eleitores do PSD.

Já sobre Ana Gomes, 32% dos inquiridos do PS admitem votar nela mas regista-se um empate nos 26% que dizem que votam "de certeza absoluta" e aqueles 26%, entre os eleitores socialistas que respondem que "nunca por nunca votariam" em Ana Gomes.

Marcelo, o conhecido; Mayan, o desconhecido

Marcelo Rebelo de Sousa lidera em todos os segmentos (idade, região e classe social), com destaque para o apoio do voto jovem e das classes mais baixas.

Olhando para a cor do voto, o atual Presidente recebe além dos 67% de intenções do voto socialista, 83% junto dos eleitores do PSD e metade dos inquiridos do Bloco de Esquerda. Já o PAN está dividido entre Marcelo e Ana Gomes.

A candidata obtém os seus melhores valores junto dos eleitores mais idosos e da classe média alta.

André Ventura recolhe intenções de voto sobretudo junto dos inquiridos de classe média baixa.

Apesar de ainda não ter formalizado a recandidatura, Marcelo Rebelo de Sousa é o mais nomeado quando se pede aos inquiridos para dizerem de que candidatos se lembram.

Pelo contrário, Tiago Mayan é o mais desconhecido entre quem respondeu a esta sondagem.

Se Marcelo é quem mais regista mais votos potenciais e menor rejeição, Tino de Rans e André Ventura estão no extremo oposto, com mais de 60% dos inquiridos a responderem que "nunca por nunca" votariam neles.


Ficha técnica
A sondagem foi realizada pela Aximage para a TSF e o JN, com o objetivo de avaliar a opinião dos Portugueses sobre temas relacionados as eleições presidenciais. O trabalho de campo decorreu entre os dias 22 e 26 de outubro. Foram recolhidas 694 entrevistas entre maiores de dezoito anos residentes em Portugal. Foi feita uma amostragem por quotas, com sexo, idade e região, a partir do universo conhecido, reequilibrada por sexo e escolaridade. À amostra de 694 entrevistas, corresponde um grau de confiança de 95% com uma margem de erro de 3.70%. A responsabilidade do estudo é da Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direção técnica de José Almeida Ribeiro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de