"Está aqui a estagiar para ser comentador televisivo." A acesa troca de acusações entre Costa e Rio

Rui Rio atacou António Costa pela dimensão do novo Governo. O primeiro-ministro respondeu ao líder da oposição que era melhor preocupar-se com os fracos resultados do PSD.

O primeiro-ministro, António Costa, acusou o líder da oposição, Rui Rio, de estar na Assembleia da República a "fazer um estágio para ser comentador televisivo". Durante a apresentação do programa do Governo, esta manhã, no Parlamento, Costa sugeriu que o presidente do PSD não está preocupado em exercer a função de deputado nem contribuir para o debate do programa governativo.

Rui Rio começou por criticar o líder socialista pelo elevado número de elementos que compõem o novo Governo (70 membros, no total, entre primeiro-ministro, ministros e secretários de Estado). O líder do PSD brincou com o tema, afirmando que vai ser preciso um carpinteiro para mudar a bancada do Governo, de forma a caberem todos os elementos do Executivo.

No entanto, as acusações subiram de todo, quando Rui Rio afirmou que António Costa pôs de pé o Governo mais caro da história em Portugal - mais 50 milhões de euros que vão sair dos bolsos dos contribuintes, na estimativa do presidente do PSD.

"Tem o governo mais caro da história de Portugal. O seu governo custa mais dinheiro e é pior", disse Rui Rio ao primeiro-ministro.

Em resposta, António Costa saudou o regresso de Rui Rio ao Parlamento e à liderança da oposição. Lembrando o facto de o presidente do PSD ter afirmado publicamente, por várias vezes, que não tinha interesse em ser deputado à Assembleia da República, o primeiro-ministro disse, com ironia, compreender quais os motivos.

"Percebo porque dizia que era um lugar que não lhe agrada: está aqui a fazer um estágio para ser comentador televisivo", atirou António Costa.

Sobre as críticas de Rui Rio à dimensão do novo Executivo e aos custos que o mesmo acarreta, Costa foi assertivo: "Eu preocupo-me com a composição do Governo, o senhor que se preocupe com a redução do tamanho do seu grupo parlamentar."

Comentários aos quais o líder do PSD respondeu com um sorriso.

Também a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, decidiu juntar-se à discussão e acusou Rui Rio de usar "demagogia e insinuação", em vez de "dignificar o debate do programa de Governo".

"Espera-se mais de um líder da oposição, espera-se mais de um deputado que esteve nesta casa há 18 anos...", declarou Ana Catarina Mendes.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de