Há mais interesse dos jovens na vida militar

Número de candidatos a uma carreira militar está a aumentar desde 2019. Governo e forças armadas apostam na atratividade profissional.

No ano passado, mais de 10 mil pessoas formalizaram candidaturas a uma carreira militar ​e o saldo entre entradas e saídas nos quadros militares foi positivo.

Os dados são revelados pela secretária de Estado dos Recursos Humanos e dos Antigos Combatentes, numa entrevista na Tarde TSF.

Numa altura em que passam dois anos desde que foi lançado o portal do recrutamento militar, Catarina Sarmento e Castro diz que as ferramentas eletrónicas ajudaram a ideia de uma carreira nas Forças Armadas a chegar mais facilmente aos jovens,

Nesta entrevista, a secretária de Estado explica o esforço que tem sido feito para tornar compatível a vida de estudante com a carreira, militar, desde a melhoria das instalações até ao pagamento de propinas a cerca de uma centena de militares.

Outro esforço é a qualificação da formação militar, em cerca de cem profissões diferentes, que permite a quem deixa as Forças Armadas, no final do contrato, usar essas qualificações na vida civil.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de