"É bom haver investigação da corrupção" e Portugal é admirado por isso

Marcelo Rebelo de Sousa reitera que um "Estado de direito que investiga a corrupção faz o que deve fazer".

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou, esta sexta-feira, que é bom haver investigação da corrupção e disse que Portugal é admirado por isso em países como a Costa do Marfim e Cabo Verde.

O chefe de Estado falava aos jornalistas num hotel de Abidjan, no final da sua visita de Estado à Costa do Marfim, questionado sobre a operação Rota Final, que investiga um alegado esquema fraudulento de viciação de procedimentos de contratação pública.

Na resposta, Marcelo Rebelo de Sousa contestou a ideia de que casos como este mancham a imagem de Portugal. "Não, não", contrapôs, "um Estado de direito que investiga a corrupção faz o que deve fazer".

"E eu aqui encontrei, como encontrei em Cabo Verde, admiração por Portugal nesse aspeto", referiu.

O Presidente da República argumentou que "o que seria estranho é que toda a gente falasse em corrupção e não houvesse a investigação da corrupção".

"Se se fala em corrupção, o haver a investigação é bom", acrescentou.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de