"Já foram feitos 15 mil testes." Costa garante segurança na abertura de creches

Antes das creches abrirem, primeiro-ministro visitou um estabelecimento em Lisboa para perceber como estão a ser feitas as adaptações à nova normalidade.

As creches vão abrir e com a maior segurança possível, essas são duas certezas para o primeiro-ministro. António Costa visitou, esta quinta-feira, o Centro Maria de Monserrate, em Lisboa, onde se ultimam os preparativos para que na próxima segunda-feira se recebam 20 das 84 crianças que frequentam o estabelecimento.

"Estamos em condições de dizer que vamos dar este passo em segurança naquela estratégica que tem dado até agora tão bons resultados, que é podermos ir de forma gradual, com segurança, com todas as cautelas, retomando a atividade", assegura o chefe do Executivo.

No plano para a retoma da nova normalidade nas creches, os funcionários estão a ser testados e Costa garante que até segunda-feira não haverá ninguém que não tenha feito o teste à Covid-19. "Estão neste momento 15 mil testes realizados e vamos continuar a fazer este trabalho para que quando as escolas abrirem todas a gente tenha sido testada", deixou claro o primeiro-ministro.

Acompanhado por secretários de Estado, a ministra do Trabalho e pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa ouviu as explicações das responsáveis por esta creche e descansa os pais e os funcionários de todo o país, sublinhando que a "segurança" está garantida.

Para garantir a segurança em todos os setores, o primeiro-ministro tem na agenda dos próximos dias uma visita também ao pequeno comércio. As decisões finais sobre o que abre mesmo na segunda-feira vão ser tomadas em breve e tendo em conta a "experiência sobre o que abriu nestes 15 dias", que vai permitir "marcar o calendário seguinte".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de