Jerónimo deve voltar à campanha na próxima quarta-feira

O regresso do secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, à campanha eleitoral, está previsto para a próxima quarta-feira, após uma avaliação da sua recuperação na véspera , divulgou hoje o partido.

Jerónimo de Sousa deverá regressar à campanha da CDU a partir de quarta-feira, dia 26 de janeiro, como revela uma mensagem do PCP, enviada à TSF.

Após uma cirurgia a uma estenose na carótida, no passado dia 13 de janeiro, o secretário-geral do PCP teve alta hospitalar na segunda-feira seguinte. Agora, segundo a nota, será realizada uma avaliação "na próxima terça-feira prevendo-se a participação do secretário-geral na campanha eleitoral da CDU a partir de quarta-feira, dia 26 de Janeiro".

O líder comunista foi internado no hospital Egas Moniz, em Lisboa. O médico Manuel Fonseca, do Centro Hospitalar da Universidade de Coimbra, esclareceu à TSF que "a estenose, vulgo aperto, é da artéria carótida interna, que é a artéria que irriga o cérebro a partir da aorta".

"A estenose carotídea é uma doença parecida com tantas outras, como sejam as estenoses das coronárias e até as estenoses das artérias dos membros inferiores. É uma doença, num contexto geral, de doença aterosclerótica, neste caso localizada na artéria carótida, que vai para o cérebro, com as consequências que daí provêm; no grau mais elevado, o AVC."

O secretário-geral do PCP é, durante o período de recuperação, substituído João Oliveira nas ações de campanha, depois de João Ferreira ter testado positivo à Covid-19.

LEIA AQUI TUDO SOBRE AS LEGISLATIVAS 2022

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de