Líder parlamentar do PSD pede a Ferro Rodrigues que anule lista de vacinação

Adão Silva enviou carta a Ferro Rodrigues para que anule a lista que "precipitadamente" foi enviada ao Primeiro-ministro com os nomes dos deputados a serem vacinados. Líder parlamentar do PSD crítica atitude de Ferro e mostra disponibilidade para, com outros partidos, elaborar "lista minimalista".

A história da vacinação dos deputados conta, esta segunda-feira, com mais um desenvolvimento. Depois da confusão com os nomes que foram enviados ao primeiro-ministro, o PSD vem agora pedir que a lista seja anulada e com o líder parlamentar, Adão Silva, a declarar-se "negativamente surpreendido" com a atitude do Presidente da Assembleia da República.

Numa carta enviada a Ferro Rodrigues e a que a TSF teve acesso, Adão Silva começa por lembrar que na sexta-feira, às 17h00, o grupo parlamentar do PSD informou que "não estava em condições de enviar os nomes dos deputados que não aceitavam ser vacinados neste momento".

Adão Silva prossegue criticando Ferro Rodrigues por ter "decidido enviar a carta" ao primeiro-ministro, "incluindo nela nomes que, publicamente, já se sabia que não queriam ser vacinados" e realça o facto de o próprio Presidente da Assembleia da República ter dito publicamente que tinha ficado "muito negativamente" surpreendido.

"Imagine como ficaram negativamente surpreendidos os deputados do grupo parlamentar do PSD que, não querendo agora ser vacinados, constavam naquela lista! Imagine ainda como eu, presidente do grupo parlamentar, fiquei negativamente surpreendido, tanto com o envio da referida lista, como com o teor de um SMS que Vossa Excelência enviou ao deputado Luís Marques Guedes, que este fez circular pelos deputados do PSD, no qual se referia, sem mais, que o grupo parlamentar do PSD não tinha mandado lista nenhuma", sublinha Adão Silva.

Ainda assim, é importante realçar aquilo que foi combinado em Conferência de Líderes: os grupos parlamentares deviam enviar a listagem até ao final da sessão parlamentar de sexta-feira passada.

Voltando à carta do PSD, Adão Silva nota que a bancada do PS também "discorda da lista enviada" e conclui a missiva apelando a Ferro Rodrigues para que "a lista que, precipitadamente, foi enviada para o primeiro-ministro, seja, de imediato anulada".

O líder parlamentar nota ainda que sendo para o PSD "evidente que o Presidente da Assembleia da República deve ser vacinado tão prontamente quanto possível", a bancada fica disponível para, "em consenso" e de "forma ponderada", elaborar uma "lista minimalista" de deputados que possam vir a ser vacinados nos próximos tempos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de