MAI em Bruxelas para discutir incêndios, "um desafio europeu" cada vez mais "complexo"

À TSF, José Luís Carneiro explica que o objetivo da reunião em Bruxelas é "permutar conhecimento" sobre a prevenção e o combate aos incêndios, defendendo que são precisos "mais meios aéreos, terrestres e humanos".

Os incêndios que, durante o verão, têm afetado vários países da União Europeia são assunto para discussão, esta segunda-feira, em Bruxelas. O ministro da Administração Interna vai estar nesta reunião e, em declarações à TSF, José Luís Carneiro, sublinha que os fogos são um desafio cada vez maior.

"O objetivo [da reunião] é o de que todos os países possam trocar experiências e trazer contributos para aquilo que é hoje entendido como um desafio europeu mais complexo do que tinha sido nos últimos anos", afirma José Luís Carneiro, frisando que, "por força das alterações climáticas, as condições meteorológicas, seca extrema, ventos intensos e escassez de água em vários países, nomeadamente nos países do Mediterrâneo", fazem-se também sentir "em países que outrora eram países com outras condições".

O responsável pela pasta da Administração Interna espera que seja possível trocar experiências para otimizar os meios de combate aos incêndios.

"Há necessidade de permutarmos conhecimento sobre o modo como estamos a fazer a prevenção e, ao mesmo tempo, como nos estamos a preparar e a combater os incêndios extremos com que estamos a ser confrontados", adianta, acrescentando que é preciso "mais meios aéreos, terrestres e humanos" e, para isso, devem ser "mobilizados recursos financeiros europeus para conseguirmos enfrentar aquilo que são hoje já incêndios considerados extremos e que, em determinados momentos, praticamente, não há capacidade para os combater nos momentos mais intensos".

José Luís Carneiro confia que será possível chegar a um entendimento para um combate cada vez mais eficaz aos incêndios.

"O que é preciso é termos também entendimento sobre o modo como poderemos conjugar esforços, colocar em comum recursos materiais e humanos para estarmos melhor preparados para enfrentarmos estes desafios que são muito exigentes hoje e, à luz de todas as previsões, serão cada vez mais exigentes no futuro", defende.

Além deste encontro com os restantes ministros responsáveis pela pasta da Proteção Civil, que começa ao início da tarde, José Luís Carneiro vai ainda manter um encontro com o comissário europeu para a gestão de crises e vai visitar o centro de resposta a situações de emergência da União Europeia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de