Paulo Mota Pinto deixa liderança da bancada parlamentar do PSD

Tinha sido escolhido por Rui Rio, que está de saída da presidência do partido, e foi informado por Montenegro de que vai haver mudanças.

O social-democrata Paulo Mota Pinto anunciou, esta quinta-feira, no Parlamento, a saída da liderança da bancada parlamentar do PSD, lugar para o qual foi escolhido pelo presidente cessante do partido, Rui Rio.

Mota Pinto explica ter sido informado pelo líder eleito do partido, Luís Montenegro, de que este último "pretende mudar a direção do grupo parlamentar e que, para isso, sejam realizadas novas eleições".

"Acedi a esse pedido e vou convocar novas eleições para a direção do grupo parlamentar", convocadas no primeiro dia útil de funções da nova direção do PSD, isto é, 4 de julho, e "vão ter lugar no prazo regulamentar, oito dias depois, isto é a 12 de julho".

Luís Montenegro - que toma posse no congresso deste fim de semana - ainda não revelou quem é o seu escolhido para a liderança da bancada.

Na despedida, Mota Pinto assegura que foi "uma honra" ter desempenhado as funções de líder parlamentar. Foi eleito líder parlamentar em 7 de abril para um mandato de dois anos com mais de 90% dos votos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de