"Se as eleições fossem amanhã, não hesitaria em votar em Marcelo"

O presidente da Assembleia da República não comenta eventual candidatura de Ana Gomes, mas diz que "é normal que algumas pessoas tentem marcar terreno".

O presidente da Assembleia da República assume que votaria em Marcelo Rebelo de Sousa, se as eleições fossem "amanhã". Antes de um almoço no Bairro Alto com o primeiro-ministro, Ferro Rodrigues assumiu aos jornalistas que não mudou a posição que já tinha tornado pública há alguns meses.

"Não mudei uma vírgula sobre aquilo que disse há ano e meio. Se as eleições fossem amanhã, na hesitaria em votar no professor Marcelo Rebelo de Sousa", assume Eduardo Ferro Rodrigues.

Sobre a possibilidade de candidatura de Ana Gomes à Presidência, Ferro Rodrigues considera normal que algumas figuras e posicionem, com as eleições no inicio de 2021.

"Vejo como normal nesta fase em que ainda não há candidaturas apresentadas, que algumas pessoas tentem marcar terreno, marcar uma posição", diz o presidente da Assembleia da República sobre as eleições presidenciais de 2021.

"O secretário-geral do PS é quem pode responder", diz Ferro Rodrigues sobre possível apoio a uma candidatura por parte dos socialistas. "Relembro que há muitos anos que o PS não tem um candidato oficial".

Balanço do desconfinamento, só em junho

Ferro Rodrigues está confiante sobre as medidas aplicadas pelo Governo na segunda fase de desconfinamento. "Só daqui a um mês temos de fazer o balanço de como isto correu (...) Eu, que até não sou propriamente um otimista, estou otimista. Os números dizem que correu bem, na primeira fase", lembra Ferro Rodrigues.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de