A primeira pedra do novo laboratório de Elvira Fortunato

Governo, autarquia de Almada e Universidade Nova estão juntas na criação do Nanova, no Monte da Caparica.

O objetivo do laboratório Nanova que foi lançado no monte da Caparica, esta quarta-feira, é fazer nano cartografia dos materiais para setores tão diversos como as indústrias e a saúde.

A responsável pelo laboratório é Elvira Fortunato, investigadora da NOVA School of Science and Tecnology e vice reitora da Universidade Nova.

Entrevistada na Tarde TSF, a cientista destaca a grande capacidade dos microscópios eletrónicos que estão a ser instalados nesta nova estrutura e que vão estar na dependência do já existente I3N, o projeto colaborativo da escola, no Monte da Caparica.

Elvira Fortunato confirma que há cada vez mais procura destes serviços tanto a nível local, como nacional e até internacional.

O Nanova é uma das instituições que está a mexer com a vida no Campus da Nova, no Monte da Caparica, e a responsável pelo projeto reconhece a capacidade destas alterações influenciarem positivamente a zona onde está integrada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de