Braga não deverá avançar no desconfinamento a 14 de junho

O autarca sublinha que esta situação terá consequências económicas para a cidade, sobretudo no que diz respeito ao turismo.

O Presidente da Câmara Municipal de Braga avança que a cidade não irá avançar no desconfinamento no dia 14 de junho. Em entrevista à TSF, Ricardo Rio explica que o município está num ponto intermédio face à linha de alerta, com um valor superior aos 120 casos por 100 mil habitantes.

"Até à passada segunda-feira, de acordo com o último relatório que recebemos, estávamos nos 177 casos por 100 mil habitantes e o número de casos diários, nestes últimos dias, manteve-se relativamente estável: próximo dos 20 casos diários. Vamos manter-nos próximos desse valor e, sendo assim, não poderemos avançar no desconfinamento já no próximo dia 14", explica.

O autarca sublinha que esta situação terá consequências económicas para a cidade, sobretudo no que diz respeito ao turismo.

"O facto de nos mantermos neste contexto atual acaba por ser bastante prejudicial, porque não deixa de desincentivar os turistas de se deslocarem para a cidade, por não poderem usufruir em pleno e haver ainda uma série de restrições do ponto de vista do funcionamento dos estabelecimentos, como a restauração e os próprios equipamentos culturais", remata.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de