Ferrovia. Fartos de promessas, autarcas esperam para ver

Ligar as capitais de distrito é uma das prioridades identificadas pelos autarcas de Mafra e Vila Real.

Os presidentes das câmaras municipais de Mafra e de Vila Real unem-se na visão que têm sobre a ferrovia: é preciso inovar, mas com critério. O aviso foi dado no Fórum TSF desta quarta-feira, sobre se Portugal deve dar prioridade ao transporte ferroviário.

Hélder Silva, autarca de Mafra e presidente dos Autarcas Sociais Democratas, sublinha que de "promessas está o inferno cheio". Por isso, é preciso que avancem as ligações ferroviárias entre capitais de distrito para que Portugal deixe de ser "refém" de Espanha.

Os autarcas sentem que houve um "desinvestimento total na ferrovia" em detrimento da rodovia. Quanto à linha do Oeste, espera que em breve avance a eletrificação.

Mais a Norte, em Vila Real, o autarca Rui Santos defende que, antes da alta velocidade, é preciso repor as ligações ferroviárias entre capitais de distrito.

O também presidente dos Autarcas Socialistas adianta que é preciso não cometer erros do passado, iniciando desta vez os investimentos na ferrovia no interior, para que o país "não continue a estar inclinado".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de