Governo avalia situação de seca na próxima semana

Se nada for feito pode chegar o dia em que não chegue água à torneira dos portugueses, avisa o presidente da Confederação de Agricultores de Portugal. As culturas de outono e inverno estão comprometidas e o setor pecuário já está numa situação de gravidade extrema.

O Governo vai avaliar na próxima terça-feira a situação de seca que o país está a atravessar. A informação foi confirmada à TSF por fonte do ministério do Ambiente.

À TSF, o presidente da Confederação de Agricultores de Portugal estranha que o executivo não tenha alertado a população para a necessidade de poupar água, perante os períodos de seca cada vez severa que afeta o país.

Se nada for feito, avisa Eduardo Oliveira e Sousa, pode chegar o dia em que não chegue água à torneira dos portugueses. O presidente da CAP sublinha também que as culturas de outono e inverno estão comprometidas e o setor pecuário já está numa situação de gravidade extrema.

Na semana passada, a climatologista Vanda Cabrinha já tinha considerado que a situação de seca em Portugal, especialmente a Sul, começa a ser preocupante, salientando que ainda não chegou aos piores níveis dos últimos 20 anos para esta altura.

Em declarações à agência Lusa, a climatologista indicou, na altura, que a situação de seca "entre fraca e moderada" já se verificava no último trimestre de 2021 e que não há para já previsões de chuva significativa, pelo menos até ao fim de janeiro.

"É uma situação anormal para esta altura. Não está ao nível de uma seca como tivemos em 2005. Mas se entre o final de janeiro e fevereiro não houver precipitação, a situação poderá agravar-se imenso", referiu.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de