Nenhum distrito escapa à chuva e quatro também podem esperar queda de neve

A tempestade deve começar a dar tréguas ao final da tarde, mas a chuva mantém-se. As temperaturas vão descer no sábado, mas voltar a subir domingo.

Os distritos de Castelo Branco, Guarda, Viseu e Vila Real estão este fim de semana sob aviso amarelo devido à previsão de queda de neve, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Nestes quatro distritos espera-se queda de neve acima de 1100 metros, com acumulação acima de 1200 metros, que poderá ser de cinco cm.

A acumulação de neve e formação de gelo pode levar ao condicionamento ou interditação de estradas, provocar danos em estruturas ou árvores e prejudicar abastecimentos locais, alerta o IPMA.

Todos os distritos de Portugal continental estão esta sexta-feira em aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes e trovoada, que deverão diminuir de frequência e intensidade a partir da tarde.

Nos distritos de Lisboa, Setúbal, Beja e Faro, aplica-se ainda o aviso amarelo na zona costeira, até às 18h00 de sexta-feira, com previsão de ondas de sudoeste entre quatro a cinco metros. É ainda esperado vento por vezes forte na faixa costeira e terras altas.

As temperaturas vão oscilar entre 7 ºC de mínima em Bragança e na Guarda e 19 ºC de máxima em Sagres esta sexta-feira e descer consideravelmente a partir de sábado, variando entre os 1 ºC de mínima na Guarda e 18 ºC em Sagres.

A partir de sábado a chuva mantém-se, mas com menor intensidade, levantando-se o aviso amarelo associado à precipitação e mantendo-se apenas o aviso amarelo associado à neve em Castelo Branco, Guarda, Viseu e Vila Real até às 6h00 de domingo.

No Arquipélago dos Açores, o Grupo Ocidental está sob aviso amarelo devido à chuva, vento forte e agitação marítima, enquanto no Grupo Central vigora o mesmo aviso à previsão de precipitação e vento fortes.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil mantém o alerta para ocorrência de inundações em zonas urbanas, cheias associadas ao transbordo de alguns rios ou cursos de água, deslizamentos ou derrocadas, arrastamento para as vias rodoviárias de objetos soltos e formação de lençóis de água ou piso escorregadio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de