Polémica com Costa e Centeno é "uma telenovela com uma crise de egos"

Cecília Meireles sublinha que a prioridade deve ser a criação de um plano para relançar a economia.

A líder parlamentar do CDS considera que a polémica dos últimos dias sobre o Novo Banco, que tem como protagonistas o ministro das Finanças, Mário Centeno, e o primeiro-ministro, António Costa, é uma "telenovela com uma crise de egos".

Entrevistada pelo jornalista Manuel Acácio para o Fórum TSF, Cecília Meireles afirma que "quando nós temos relatos de famílias a pedirem ajuda alimentar, a passarem fome, aquilo que nós tivemos foi uma telenovela, com uma crise de egos, em que, afinal, aparentemente, acabou tudo mais ou menos resolvido".

Para a democrata-cristã é preciso definir prioridades: "O que não está resolvido é como é que as medidas que o Governo desenhou para ajudar a economia estão a chegar ou não estão a chegar."

Cecília Meireles lembra que "Portugal é o único país da Europa que não apresenta projeções", logo "o que nós estamos a discutir é um não-programa de estabilidade".

"Em Portugal não há plano", remata.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de