Tempestade com trovoada e chuva forte em Portugal continental a partir de segunda-feira

Depressão associada a massas de ar tropical pode provocar cheias rápidas nos meios urbanos. Leiria, Lisboa e Setúbal estão sob aviso laranja entre as 09h00 e as 15h00 de segunda-feira.

Estão reunidas as condições para a ocorrência de fenómenos meteorológicos extremos nos próximos dias, com trovoada e chuva forte no continente, já a partir de segunda-feira. A tempestade vai estender-se a todo o país.

O IPMA já colocou os distritos de Leiria, Lisboa e Setúbal sob aviso laranja para precipitação, no período entre as 09h00 e as 15h00 de segunda-feira. Já o arquipélago da Madeira está sob aviso amarelo entre as 03h00 e as 15h00 de segunda-feira.

Trata-se de uma depressão associada a massas de ar tropical que pode causar ainda fenómenos extremos de vento e precipitação, como confirma à TSF a meteorologista Maria João Frada, do Instituto Português do Mar e Atmosfera.

"Temos uma depressão com expressão nos níveis altos da atmosfera, que está localizada a nordeste dos Açores e ela gradualmente tende a deslocar-se para sueste em direção ao território do continente e vai ficar a partir da tarde de amanhã", explica, alertando para "a passagem de massas de ar tropical com elevados conteúdos em vapor de água, que são instáveis e que têm potencial para deixar sobre o território do continental precipitações fortes ou mesmo muito fortes, acompanhadas de trovoadas".

Maria João Frada refere que, nos meios urbanos, estas ocorrências meteorológicas podem provocar cheias rápidas e fenómenos extremos de vento.

O Algarve é apontado como a região do país que pode estar mais vulnerável a condições extremas. A tempestade, com trovoada e chuva forte, vai prolongar-se até sexta-feira com um pico previsto para a madrugada de segunda para terça.

"A partir de amanhã pode já precipitar com alguma intensidade, em particular, também na região da Grande Lisboa e essa precipitação vai estender-se, gradualmente, ao longo da tarde, às restantes regiões, mas terá maior impacto na noite de 13 para 14. Essa precipitação, em princípio, avançará, de oeste para leste, portanto do litoral para o interior, e de sul para norte. O Algarve e o baixo Alentejo espera-se que sejam particularmente afetados", afirma.

A temperatura vai baixar durante o dia para máximas de 24 para 15 ºC, mas as noites vão ser tropicais.

"Prevê-se uma descida gradual da temperatura máxima segunda e terça-feira e depois a manter-se sensivelmente", diz. As temperaturas irão variar entre os 20 e os 25 ºC, com as noites a serem "tropicais, com um tempo abafado, muito húmido, com temperaturas mínimas relativamente elevadas, a variar entre os 17 e os 20 ºC", exceto nas zonas de serra do nordeste das montanhas e da Beira Alta.

* Atualizada às 15h47

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de