Vagas no Ensino Superior voltam a subir

São quase mil vagas a mais no Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, que arranca no dia 6 de agosto.

O Ministério da Ciência e do Ensino Superior anunciou um aumento de 934 vagas nas universidades e politécnicos públicos, no próximo ano letivo.

O aumento refere-se aos lugares que estavam disponíveis no início do concurso, em agosto do ano passado, mas sublinha o executivo que houve, a meio do concurso, um acréscimo adicional de vagas para responder à enorme procura do ano passado.

Este ano, são 52.963 os lugares disponíveis para novos estudantes no ensino superior público.

O Governo fala numa subida de 2%, mas que pode atingir os 3%, nas escolas de regiões menos povoadas, e os 14%, nas escolas que têm cursos com mais alunos de excelência.

Nesta lista, que não inclui os cursos de Medicina, são mais 385 as vagas.

São cursos tão diversos como várias engenharias na Universidade do Porto, no Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, e na Universidade de Aveiro.

Incluem-se ainda os cursos de design da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, Matemática Aplicada no ISEG, Ciências de Comunicação na Universidade Nova, e Arquitetura, na Faculdade de Arquitetura do Porto.

O curso com melhor índice de excelência é o de Engenharia e Gestão Industrial, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Atinge os 293,5 pontos no índice de excelência, e pode, por isso, aumentar o número de vagas de 90 para 100.

A procura deste curso é de 300,7 (índice 100), e a nota mínima de entrada no ano passado foi de 191,3 valores, uma das três mais altas de Portugal.

Na área específica de competências digitais, as vagas aumentam entre 3 e 3,4%.

O aumento de vagas também acontece em Medicina, mas de uma forma muito residual. Comparando com 2019 há, este ano, mais 12 vagas, mas em relação às vagas abertas no ano passado, são apenas mais seis, e todas na Universidade dos Açores.

O Governo esclarece que este ano é retomada a normalidade do Concurso Nacional de Acesso, mas o Ministério da Ciência e do Ensino Superior está atento, e agirá, se a procura continuar a ser elevada.

O concurso

As candidaturas ao Ensino Superior começam no dia 6 de agosto e decorrem online, na página da Direção Geral de Ensino Superior, até 20 de agosto.

Para formalizar a candidatura é preciso ter uma senha de acesso, que tem de ser pedida nos próximos dias.

O acesso ao portal pode também ser feito com a aplicação do Cartão do Cidadão e com a Chave Móvel Digital.

As notas dos exames do Ensino Secundário, que servem este ano de provas específicas, são conhecidas dia 2 de agosto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de