Aí está ele. NASA encontrou o Opportunity perdido no pó de Marte

O pó resultante de uma tempestade de areia estava a impossibilitar o contacto visual com veículo.

A Agência Espacial Norte-Americana (NASA) informou na terça-feira ter avistado o veículo explorador Opportunity, desaparecido há 107 dias em Marte, depois de uma tempestade de areia que provocou a hibernação do aparelho.

"A NASA não recebeu sinais do Opportunity, mas pelo menos podemos vê-lo novamente", anunciou a NASA em comunicado, que divulgou acompanhado de uma fotografia, na qual um pequeno ponto branco se destaca na superfície do planeta.

A fotografia, que foi captada com uma câmara de alta resolução, deixou otimista a NASA que, desde 10 de junho, não tinha qualquer contacto com o veículo.

O contacto foi perdido nesse dia, quando o Opportunity explorava o Vale da Perseverança e uma forte tempestade de areia atingiu a zona, deixando-a completamente às escuras.

O explorador, que funciona a energia solar, entrou em estado de hibernação. "Opportunity: estamos a torcer por ti!" escreveu a NASA no Twitter.

Os responsáveis do projeto esperavam que o Opportunity se voltasse a ativar num prazo de 45 dias, mas o tempo foi passando sem registo de qualquer sinal, o que levou a NASA a temer pela perda do aparelho.

Finalmente "os níveis de pó reduziram-se de maneira constante ao longo das últimas semanas", o que permitiu à NASA estabelecer, pelo menos, contacto visual com o aparelho, assinala a agência.

Desde que o Opportunity aterrou em Marte, em 2004, foi responsável por alguns descobrimentos notáveis como o facto de ter confirmado que o planeta reunia, há quatro milhões de anos, as condições necessárias para albergar organismos.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de