Consegue ajudar o seu filho nos trabalhos de casa? Portugueses dividem-se

Perto de 26% dos pais com crianças em casa confessam que não ajudam os filhos.

Cerca de 72% dos portugueses com filhos com idades entre os 6 e os 15 anos garantem que ajudam habitualmente os filhos nas atividades da escola. A conclusão surge num estudo sobre o Valor Atribuído pelos Portugueses à Educação.

O trabalho é o primeiro promovido pela Fundação Belmiro de Azevedo e foi coordenado por Patrícia Ávila, socióloga do ISCTE-IUL. Como seria de esperar, quase todos os portugueses atribuem grande importância à educação (link para a outra notícia).

Os resultados revelam ainda que há 26% dos pais que não ajudam as crianças nas atividades escolares, mas as razões nem sempre são as mesmas: 7% afirmam que não o fazem por falta de tempo; 11% porque confessam que não o conseguem fazer; e 8% porque os filhos não precisam.

O estudo revela ainda que a resposta anterior varia muito conforme a escolaridade dos pais que se tiverem estudado até ao ensino superior têm duas vezes mais probabilidades de ajudar os filhos do que quem ficou pelo 2º ciclo do ensino básico, diferença que dispara para quase cinco vezes mais se os progenitores tiverem apenas o 1º ciclo.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de