alimentação

Esta feijoada não tem carne mas já ganhou um prémio

A feijoada pronta-a-comer foi criada por estudantes universitárias e acabou mesmo por ser premiada. Em outubro vai representar Portugal na competição europeia em Paris.

É uma feijoada à portuguesa mas não leva produtos de origem animal. Em vez da carne e dos enchidos, há cogumelos e chouriços de vegetais e está tudo pronto a comer.

PUB

"A nossa ideia era adequar uma refeição tradicional portuguesa a novas tendências de mercado, ou seja, não incluir qualquer elemento de origem animal. Utilizamos o feijão branco português e utilizamos enchidos vegetarianos e outras ingredientes que caracterizam a feijoada tradicional portuguesa", explicou à TSF Patrícia Soares, uma das criadoras da Bean Ready.

A aluna do mestrado de Engenharia Alimentar da Universidade Católica do Porto desenvolveu a ideia para uma disciplina com outras três colegas e acabaram mesmo por ganhar o prémio Ecotrophelia Portugal no valor de 2000 euros. Em outubro participam na final europeia do prémio em Paris.

As estudantes universitárias, que até nem são vegetarianas, querem "incentivar cada vez mais ao consumo de leguminosas", explicando que é preciso "ter a consciência que não precisamos ter sempre uma refeição constituída por carne ou por peixe".

O prato também preocupações ambientais já que a embalagem além de reciclável é feita de materiais reciclados. Além disso o azoto orgânico que as leguminosas produzem ajuda a tornar os solos mais férteis.

  COMENTÁRIOS