Fogo reduziu a cinzas pensão, casas e lojas em Santa Comba Dão

O fogo passou de madrugada pela cidade de Santa Comba Dão onde deixou um rasto de destruição, como é visível na zona do Vimieiro junto à Estação de comboio da linha da Beira Alta.

Um cenário desolador. Cinza e terra queimada no IP3 na extensão de Penacova a Tondela. No Vimieiro, em Santa Comba Dão, junto à estação dos comboios, ainda arde o interior da Pensão Ambrósio. Só restam as quatro paredes exteriores. Toda uma rua ficou reduzida a cinzas.

Durante a noite quando o fogo chegou, por volta da meia-noite, os populares eram poucos para acudir a tantos focos de incêndio e a uma frente ativa "incontrolável". "Ardeu tudo, fiquei sem nadinha. Arderam até as galinhas. Esta pensão estava a funcionar, mas nem sei onde é que eles estão", dizia uma das populares em relação aos proprietários do estabelecimento. "Não sobrou nada e arderam três casas"

Os populares que, esta manhã se concentraram no largo da estação de Santa Comba contam que o fogo chegou com uma velocidade nunca antes vista e devorou tudo em poucos minutos.

Para além da Pensão Ambrósio e de três casas de habitação, também na rua da estação de Santa Comba ardeu uma alfaiataria.

Pelo caminho entre Santa Comba e Tondela há alguns focos de reacendimento. Ainda arde o exterior de uma firma de madeiras. As toneladas de lenha que estavam no parque exterior da firma são agora um braseiro.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de