Imigrantes em "condições degradantes". Maior operação do SEF deteve seis pessoas

Operação "Masline" desmantelou rede de tráfico de seres humanos que operava no baixo Alentejo.

O SEF deteve seis pessoas por suspeitas dos crimes de auxílio à imigração ilegal e tráfico de pessoas. Duzentos e cinquenta e cinco estrangeiros foram identificados. Em comunicado, a polícia afirma que estas pessoas, na sua maioria, "estavam sujeitas a condições degradantes" no que diz respeito às condições de trabalho, alojamento e salubridade.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras dá conta de que esta é a maior operação de combate ao tráfico de seres humanos realizada em Portugal.

A operação "Masline" teve como principal objetivo o desmantelamento de uma rede de tráfico de seres humanos que operava na zona do baixo Alentejo, na apanha da azeitona.

Os detidos, todos estrangeiros, recrutavam os trabalhadores a partir dos países de origem, no Leste da Europa, acabando por retirar-lhes os documentos e obrigando-os a trabalhar sem o devido pagamento.

Ainda não são conhecidas as medidas de coação. No total, participaram na operação 141 operacionais do SEF.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de