Incêndios

Água em Alcobaça contaminada com cinzas dos fogos

Os Serviços Municipalizados de Alcobaça avisam a população para não beber água da torneira, devido às cinzas arrastadas pelas chuvas dos últimos dois dias.

"Solicita-se a colaboração das pessoas no sentido de não beberem água da torneira sem ser fervida, podendo ser utilizada para banhos e cozeduras", referem os Serviços Municipalizados de Alcobaça num aviso emitido esta quarta-feira à população.

Em causa está a qualidade da água em Pataias, Martingança, Burinhosa, Paredes da Vitória, Légua, Falca, Água de Madeiros, Pedro do Ouro e Vale, devido ao arrastamento "de cinzas" resultantes dos dois incêndios que no domingo deflagraram na freguesia de Pataias para a rede pública de abastecimento.

O arrastamento ocorreu na sequência da chuva que caiu no concelho na segunda-feira e na terça-feira, esclarece o aviso.

No intuito de garantir a qualidade da água, os serviços informam já ter "a análise e respetiva desinfeção" e estarem a desenvolver esforços "no sentido de repor a normalidade no abastecimento de água".

Os fogos que no domingo deflagraram na freguesia de Pataias consumiram pelo menos 2.700 hectares de floresta e destruíram uma dezena de casas de segunda habitação entre a Praia da Légua, Vale Furado e Paredes da Vitória.

As centenas de incêndios que deflagraram no domingo, o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades, provocaram pelo menos 41 mortos e cerca de 70 feridos (mais de uma dezena dos quais graves), além de terem obrigado a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas.