Ricardo Araújo Pereira lembra que o Bispo do Porto trabalha ao domingo

Durante a homilia pascal, o Bispo do Porto defendeu o encerramento do comércio ao domingo, criticando o "novo esclavagismo da laboração contínua", e lembrando que domingo é dia de ir à missa.

Ricardo Araújo Pereira está convencido de que as pessoas não vão deixar de ir à missa para ir aos centros comerciais ao domingo, até porque é possível fazer as duas coisas. Em registo de brincadeira, o humorista faz notar que, tanto o D. Manuel Linda, como o Sacristão, trabalham ao domingo, sugerindo que talvez o Bispo do Porto estivesse, na verdade, a dar a entender que não queria trabalhar ao domingo: "se calhar ele estava a dizer "realmente, isto de trabalhar ao domingo, devia acabar!' - pode ser isso!" - conclui.

A emissão completa do Governo Sombra, para ver ou ouvir , sempre, em tsf.pt

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de