Jogos Olímpicos podem ser cancelados se não houver controlo da Covid-19

A organização garante que novo adiamento não é possível.

O chefe do comité organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio assume que, se o novo coronavírus continuar a ser uma ameaça no verão de 2021, a competição pode ser cancelada. Em entrevista ao jornal japonês Nikkon Sports, Yoshiro Mori garante que não é possível voltar a adiar a competição, e por isso, caso a propagação do vírus não seja controlada, os Jogos Olímpicos podem mesmo ter de ser cancelados.

Quando questionado sobre a possibilidade de um novo adiamento para 2022, respondeu "não (...), nesse caso seria cancelado".

O responsável pela organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio admite ainda que já foi proposto que a cerimónia de encerramento dos Jogos Olímpicos fosse eliminada para reduzir despesas.​

"Espero que todos os envolvidos percebam que adiamento para 2021 é o primeiro na história das Olimpíadas", lembrou ainda Yoshiro Mori, explicando que a organização não sabe ainda qual o custo económico adicional causado por esse adiamento.​

Presidente da associação de médicos "muito pessimista"

Para o presidente da Associação Médica do Japão, sem vacina, "dificilmente" se podem realizar os Jogos Olímpicos no próximo verão. Yoshitake Yokokura garantiu esta terça-feira, durante uma conferência de imprensa, que há ainda muitas dúvidas sobre a evolução da situação de saúde.

"Na minha opinião pessoal, se não se desenvolver uma vacina efetiva, será difícil realizar os Jogos Olímpicos. Não diria que não deveriam realizar-se, mas será extremamente difícil", explica o responsável da associação médica.

Yoshitake Yokokura alerta para a necessidade de se acelerarem os esforços globais para conseguir melhores fármacos para que se trave o contágio do novo coronavírus.

"Não acredito que qualquer um possa dizer se vai ser possível controlar a situação até julho (2021) ou não. Certamente não estamos em posição de dar uma resposta clara. Decidimos adiar os Jogos em um ano, então isso significa que tudo que podemos fazer é trabalhar duro para nos prepararmos para os Jogos", disse o responsável da associação.

Recorde-se que o arranque dos Jogos Olímpicos do Japão estava inicialmente marcado para o dia 24 de julho deste ano, mas foi adiado para 23 de julho de 2021.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de