"Marcelo fechou a função presidencial numa espécie de presentismo"

"Marcelo fechou a função presidencial numa espécie de presentismo"

Sampaio da Nóvoa foi candidato às eleições presidenciais de 2016, apoiado por uma parte da esquerda. Depois saiu de cena e cumpriu na UNESCO um silêncio (também) diplomático. De volta à visão ativa que mantém da política, não fecha portas a Belém, embora guarde essa questão para outro tempo. Sobre este, o das legislativas, acha impensável que tudo fique na mesma e pede a António Costa a "humildade democrática" de um compromisso alargado, acima dos partidos.

Debate entre António Costa e Rui Rio

O pós-debate num título de jornal: "duas visões" na Ação Socialista, fim das "dúvidas" no Povo Livre

Edite Estrela, que dirige a Ação Socialista, e Sofia Matos, diretora da publicação Povo Livre, divergem quanto à leitura que fazem do debate entre Costa e Rio. Em entrevista conduzida por Fernando Alves, Edite Estrela revelou não ter visto nada de positivo no que Rui Rio apresenta de novo, e referiu mesmo que o PSD "comprometerá reformas do futuro". Já a social-democrata critica o PS por insistir "em soluções que estão falhadas num documento que não conseguiu aprovar".