Com aulas suspensas, alunos de medicina tratam virtualmente pacientes com Covid-19

A partir do momento em que entram no consultório online, os alunos têm 20 minutos para resolver o caso clínico prático.

Com o ensino presencial suspenso, os alunos de medicina ficaram sem aulas práticas nos hospitais. Para testar conhecimentos, há uma ferramenta na plataforma online Body Interact disponível para todos os estudantes de Medicina que ajuda a perceber como se pode tratar um doente com Covid-19.

O professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, e um dos coordenadores dos casos clínicos, Tiago Alfaro, explica que na plataforma "aparece um doente virtual, com quem podemos falar, auscultar e pedir exames. Depois, "colocamos as hipóteses diagnósticas". No fim, os alunos têm de administrar "os primeiros tratamentos" que possam estabilizar o doente, "uma vez que não há tratamentos aprovados para a Covid-19", esclarece.

Mesmo sendo online, quando o resultado da zaragatoa é positivo para coronavírus, os alunos têm de contactar com as autoridades de saúde, isolar o doente e fazer a lavagem das mãos. Todo o processo tem de decorrer em menos de 20 minutos.

O programa tem disponíveis vários casos clínicos diferentes de Covid-19. Embora a ação não decorra num hospital, o pneumologista considera que os alunos se sentem transportados para o consultório, porque consegue-se "pôr a pessoa que está a resolver o caso a pensar". Ainda assim, o docente ressalva: "Obviamente, não estamos numa urgência, não estamos a usar todo aquele material de proteção, e podemos fazer algum erro que não há problema, voltamos atrás".

Com as aulas suspensas, Catarina Dourado, aluna do quarto ano de Medicina na Universidade de Coimbra, destaca que a plataforma ganha outro significado, já que "acaba por colmatar a falta de prática clínica" que, por esta altura, os alunos não conseguem obter.

A estudante considera também que esta é uma forma de aprofundar o conhecimento sobre o coronavírus. "Sinto que ajudou areconhecer ainda mais os sinais e sintomas de que já tínhamos ouvido falar na teoria, mas que, quando chega este doente, temos de aplicar na prática.

A aula prática interativa sobre a Covid-19 está disponível para todos os estudantes de medicina na plataforma online Body Interact, desenvolvido pela empresa de Coimbra Take the Wind.

LEIA TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de