Já há interessados em comercializar robô português que mata o novo coronavírus

Já testado no Hospital de São Martinho, em Valongo, poderá vir a ser experimentado em ambiente aeroportuário. O responsável pelo projeto acredita que, se o mundo empresarial não se atrasar, o robot pode começar a ser produzido em série nos próximos dois meses.

Não aspira mas desinfeta. Usa lâmpadas ultravioleta para desinfetar os espaços, desde um pavilhão amplo a um quarto mais pequeno de hospital. O RADAR-robô autónomo para desinfeção em ambiente hospitalar ainda está em protótipo, mas já há empresas interessadas em adquiri-lo, uma das quais portuguesa.

António Paulo Moreira, investigador do INESC-TEC e professor na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, adianta: "Estamos a conversar com uma empresa, e, embora haja outras interessadas, parece que pelo menos uma vai avançar."

"Dentro de cada quarto ou de cada pavilhão, o robô tem de parar em diversos pontos para cobrir com luz a maior parte da área. Esses pontos são programados e, em cada um, é indicado o tempo indicado para que as lâmpadas se mantenham acesas.

O projeto começou a ser desenvolvido em maio e foi financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, num investimento de 30 mil euros. Da autoria de uma equipa de sete pessoas, a iniciativa aproveita tecnologia já existente, explica António Paulo Moreira. "A base de movimentação já é tecnologia comercial muito testada. O que foi desenvolvido foi o software em cima dessa base, o sistema de controlo das lâmpadas e o de gestão do robô."

O equipamento já foi testado no Hospital de São Martinho, em Valongo, e ainda poderá vir a ser experimentado em ambiente aeroportuário. "Temos uns contactos ainda por fechar, no sentido de fazer testes no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, mas estamos à espera de que nos indiquem quando quererão fazer os testes e onde."

Se o universo corporativo não se atrasar, o robô pode começar a ser produzido em série nos próximos dois meses.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de