ataques no sri lanka

"É um cenário de medo." Portuguesa no Sri Lanka descreve sentimento dos católicos

Carla Silva explica à TSF que a comunidade católica está assustada com as explosões deste domingo que fizeram pelo menos 156 mortos. Há um português entre as vítimas mortais.

Carla Silva está em Galle, a 130 km da capital do Sri Lanka, Colombo, onde esta manhã vários ataques em igrejas católicas fizeram, pelo menos, 156 mortos e mais de 400 feridos. A portuguesa descreve à TSF um "cenário de medo", sobretudo dentro da comunidade católica.

PUB

"O Sri Lanka é um país essencialmente budista, mas há uma pequena comunidade católica e, portanto, isso aconteceu nas Igrejas Católicas. Claro que isso afeta e gera um estado de medo, mas o resto do país parece-me tranquilo", adianta Carla Silva.

Quanto ao resto do país, Carla Silva diz que as informações que lhe têm chegado são de normalidade: "Eu não vivo em Colombo, vivo em Galle e está tudo perfeitamente normal. Outros portugueses que vivem em Colombo sei que está tudo bem, felizmente."

ACOMPANHE AQUI EM DIRETO OS DESENVOLVIMENTOS DOS ATAQUES NO SRI LANKA

  COMENTÁRIOS