"É um cenário de medo." Portuguesa no Sri Lanka descreve sentimento dos católicos

Carla Silva explica à TSF que a comunidade católica está assustada com as explosões deste domingo que fizeram pelo menos 156 mortos. Há um português entre as vítimas mortais.

Carla Silva está em Galle, a 130 km da capital do Sri Lanka, Colombo, onde esta manhã vários ataques em igrejas católicas fizeram, pelo menos, 156 mortos e mais de 400 feridos. A portuguesa descreve à TSF um "cenário de medo", sobretudo dentro da comunidade católica.

"O Sri Lanka é um país essencialmente budista, mas há uma pequena comunidade católica e, portanto, isso aconteceu nas Igrejas Católicas. Claro que isso afeta e gera um estado de medo, mas o resto do país parece-me tranquilo", adianta Carla Silva.

Quanto ao resto do país, Carla Silva diz que as informações que lhe têm chegado são de normalidade: "Eu não vivo em Colombo, vivo em Galle e está tudo perfeitamente normal. Outros portugueses que vivem em Colombo sei que está tudo bem, felizmente."

ACOMPANHE AQUI EM DIRETO OS DESENVOLVIMENTOS DOS ATAQUES NO SRI LANKA

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de