Taxa de desemprego na OCDE caiu para 5,4% em dezembro de 2021

Dados revelados pela OCDE demonstram que o desemprego em Portugal desceu para 5,9% em dezembro de 2021.

A taxa de desemprego nos países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE) caiu pelo oitavo mês consecutivo, com o mês de dezembro de 2021 a registar 5,4% de desempregados. Em relação ao mês anterior, a taxa desceu 0,1% e, quando comparado com dados pré-pandemia causada pela Covid-19, está 0,1% acima da marca de fevereiro de 2020.

Segundo dados revelados esta terça-feira pela OCDE, em dezembro de 2021, o número de desempregados na área também desceu em 0,7 milhões de pessoas, com um total de 36,1 milhões de desempregados, mas ainda 0,5 milhões acima dos níveis pré-pandemia.

Na zona euro, o desemprego também desceu pelo oitavo mês consecutivo, para 7.0%, menos 0,1% em relação a novembro. Em Portugal, a descida foi superior, com uma descida para os 5.9%, com uma tendência de queda em relação aos 6,3% registados em novembro de 2021.

Em dezembro, a taxa de desemprego na OCDE desceu nas mulheres (desceu 5.6%, de 5.7% em novembro) e nos homens (desceu para 5.2%, de 5.3%). Nos jovens trabalhadores, entre os 15 e os 24 anos, a taxa desceu a um ritmo mais elevado (desceu para 11.5%, de 11.8% em novembro) do que nos trabalhadores acima dos 25 anos (descendo para 4.6% após 4.7% em novembro).

Portugal também está entre os países que têm uma taxa de desemprego inferior a fevereiro de 2020. Além dos portugueses, a Austrália, Chile, França, Islândia, Itália, Lituânia, Luxemburgo, Países Baixos, Nova Zelândia, Espanha e Turquia são os países com a tendência fora da média.

Durante o mesmo mês, a taxa de desemprego entre os mais jovens da zona euro caiu 0,5 pontos percentuais (para 14,9%, contra 15,4%).

Em dezembro, a taxa de desemprego caiu 0,3 pontos percentuais ou mais na Austrália (para 4,2%, contra 4,6% em novembro), Colômbia (para 12,6%, contra 13,0%), e Estados Unidos (para 3,9%, contra 4,2%).

A OCDE precisa que a taxa diminuiu 0,1 pontos percentuais no Canadá (para 6,0%) e Japão (para 2,7%), mas aumentou 0,1 pontos percentuais no México (para 3,9%) e 0,7 pontos percentuais na Coreia do Sul (para 3,8%).

Dados mais recentes mostram que a taxa de desemprego aumentou 0,5 pontos percentuais no Canadá (para 6,5%) em janeiro de 2022 e 0,1 pontos percentuais nos Estados Unidos (para 4,0%).

A OCDE sublinha que "é de notar que a taxa de desemprego esconde a extensão da procura de mão-de-obra não satisfeita, uma vez que algumas pessoas não empregadas podem estar 'fora da força de trabalho', e, portanto, não abrangidas pela taxa de desemprego, ou porque não estão ativamente à procura de emprego ou porque não estão disponíveis para trabalhar".

*Notícia atualizada às 11h20

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de