Défice atingido com "cortes à bruta" e mais impostos podia ser "melhor". Rio ataca números

Líder social-democrata considera que as condições permitiam um resultado melhor do que os 0,5%.

O presidente do PSD, Rui Rio, defendeu esta terça-feira que o Governo poderia ter conseguido um défice "substancialmente melhor" e que o resultado de 0,5% foi alcançado "à custa de um enorme aumento de impostos".

"Este défice é conseguido com a maior carga fiscal que alguma vez incidiu sobre os portugueses, à custa de um enorme aumento de impostos e não de uma gestão eficiente da despesa. Também há uma parte da despesa, mas são cortes à bruta", apontou, questionado pelos jornalistas, no final de uma reunião de mais de duas horas com a UGT.

O presidente do PSD considerou que, face ao andamento da economia internacional que permitiu algum crescimento, "o Governo poderia, com grande facilidade, ter conseguido um resultado substancialmente melhor", "perto do equilíbrio orçamental".

"Se não conseguimos equilíbrio orçamental quando a economia cresce, quando é que vamos ter?", questionou, considerando que essa seria a situação desejável para poder ter défices em períodos de crise.

"É um resultado positivo, 0,5% é melhor que 0,6%, mas as condições permitiam um resultado substancialmente melhor", afirmou.

O défice orçamental de 2018 ficou nos 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB), abaixo dos 0,6% previstos pelo Governo, divulgou esta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Segundo a primeira notificação de 2018 relativa ao Procedimento por Défices Excessivos, remetida pelo INE ao Eurostat, o défice das Administrações Públicas atingiu 912,8 milhões de euros, o que correspondeu a 0,5% do PIB, abaixo do saldo negativo de 3% registado em 2017.

LER MAIS:

- Défice de 0,5% em 2018: abaixo da previsão do Governo

- Marcelo considera que 0,5% é "base de partida muito boa" para défice zero

- Carga fiscal atingiu o valor mais alto desde 1995

- Centeno mantém meta de 0,2% em 2019 apesar de défice melhor que previsto

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de