PSD vai votar a favor da moção de censura do CDS ao Governo

Apesar de considerar que a moção de censura "não tem qualquer efeito prático", os sociais-democratas decidiram apoiar os centristas.

O PSD vai votar a favor da moção de censura ao Governo anunciada pelo CDS-PP, que vai ser discutida no Parlamento na quarta-feira.

A notícia foi avançada esta segunda-feira pela Renascença e confirmada à TSF por David Justino, presidente do Conselho Estratégico do PSD.

Numa nota enviada à agência Lusa, o Grupo Parlamentar do PSD diz que na discussão da moção "voltará a repetir as críticas que tem vindo a fazer ao Governo e, consequentemente, votará a favor de uma censura à política socialista que tem vindo a ser seguida".

Por outro lado, o PSD assume que, "como é por demais evidente, a moção de censura ao Governo apresentada pelo CDS não tem qualquer efeito prático".

"A par de algumas notícias, a sua única consequência é a realização de um debate regimental na Assembleia da República na próxima quarta-feira", refere ainda a bancada social-democrata.

Assunção Cristas acusou Governo de estar "esgotado", de não ter cumprido com o que prometeu e de estar apenas preocupado com as eleições. É "um Governo desorientado, desconcertado, sem ambição e sem programa". Já o primeiro-ministro é descrito como "incapaz".

"O que corre bem no país é apesar do Governo e não graças ao Governo", escreveu o CDS na moção "Recuperar o Futuro", entregue esta sexta-feira no Parlamento.

Consulte aqui o texto de moção de censura do CDS na íntegra

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de