Governo admite injetar mais dez mil milhões na economia

Pacote aprovado por Bruxelas já contempla medidas que "o Governo possa vir a lançar".

O Governo admite aumentar o apoio à economia e às empresas de 3 para para 13 mil milhões de euros.

Depois de Bruxelas ter dado luz verde a uma injeção de 13 mil milhões - muito superior às linhas de crédito de 3 mil milhões de euros com garantia do Estado já em vigor - o gabinete do ministério da Economia diz à TSF que o pedido de autorização à Comissão para uma verba muito mais volumosa foi feito de olhos postos no futuro: "abrange as linhas já em vigor e novas que o Governo possa vir a lançar à medida das necessidades".

Esta tarde Bruxelas aprovou um pacote de 13 mil milhões de euros, incluindo dois regimes: um regime de subvenções diretas (no máximo 800 mil euros por empresa) e outro de garantia do Estado a empréstimos.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de