PSD sem "Rentrée" no Algarve. Rui Rio cancela as festas de verão

No Twitter, o líder do PSD anunciou a decisão de cancelar as festas do Pontal (Algarve) e Chão da Lagoa (Madeira), devido à pandemia.

O presidente do PSD anunciou esta quarta-feira que o partido decidiu não realizar a festa do Pontal no Algarve nem o Chão da Lagoa na Madeira devido à covid-19, justificando a decisão com "as regras do bom senso".

"Seguindo as regras do bom senso, e de respeito pela lei e pela saúde de todos nós, o PSD decidiu não realizar nenhuma das suas festas de Verão, designadamente a do Chão da Lagoa na Madeira e a do Pontal no Algarve. Só com disciplina e unidade conseguiremos vencer a covid-19", escreveu Rui Rio numa publicação na rede social Twitter.


O PSD/Madeira já tinha anunciado em 16 de abril o cancelamento das festas do Chão da Lagoa e a rentrée na ilha do Porto Santo devido à pandemia de covid-19.

Nos últimos dias, tem gerado controvérsia a eventual realização em setembro da tradicional 'rentrée' do PCP, a Festa do Avante!, com o secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, a rejeitar que esta seja considerada um festival, mas afirmando que o partido não tem uma "posição fechada" sobre a sua realização, e afirmando que "os comunistas portugueses são muito criativos".

A Festa do Pontal e a Universidade de Verão do PSD, que decorre anualmente em Castelo de Vide (Portalegre), são os dois momentos que marcam tradicionalmente a ?rentrée' do partido e realizam-se entre final de agosto e início de setembro.

Fonte oficial do PSD explicou, em relação à Universidade de Verão, que ainda está a ser avaliada a possibilidade da sua realização, em moldes diferentes, já que esta iniciativa de formação política junta habitualmente cerca de uma centena de jovens e quadros da JSD e PSD na vila alentejana.

Desde que Rui Rio é líder do PSD, a Festa do Pontal deixou de se realizar em meados de agosto e centrada nas intervenções políticas, tendo passado para o final deste mês ou início de setembro e ganhando um caráter mais popular, com um torneio de futebol e jogos tradicionais, além do discurso político do presidente do partido.

Foi com o anterior líder do PSD, Pedro Passos Coelho, que a Festa do Pontal retomou a tradição de contar com a presença do presidente do partido, depois de a sua antecessora Manuela Ferreira Leite não ter estado nas duas edições que se realizaram no seu mandatos.

Esta festa começou com a presença do fundador do partido Francisco Sá Carneiro, em 29 de agosto de 1976, num pinhal na zona do Pontal, próxima do aeroporto de Faro e que deu nome ao encontro, e ao longo dos anos já se realizou em diversos locais no Algarve, e contou com líderes como Francisco Pinto Balsemão, Cavaco Silva, Fernando Nogueira, Marcelo Rebelo de Sousa, Luís Filipe Menezes e Marques Mendes.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de