"25 de Abril do ensino está em curso" devido à pandemia da Covid-19

José Tribolet acredita que o atual ensino presencial e o futuro ensino à distância estão a fundir-se e a educação não será a mesma depois desta pandemia.

O ensino "nunca mais vai ser igual". A crença é de José Tribolet, professor catedrático do Instituto Superior Técnico que traduz o momento que vivemos como uma revolução, "o 25 de Abril do ensino está em curso".

A pandemia do novo coronavírus obrigou a encerrar escolas e forçou a necessidade de aulas à distância, o que, na opinião do especialista, foi um empurrão que vai ter um "impacto transformador em todo o sistema de ensino, aprendizagem e formação profissional e de relações laborais".

"É um bocado como eu aprendi a nadar, atiraram-me para a piscina e eu aprendi a nadar", recorda em jeito de exemplo. "Foi o que se deu com os portugueses, fomos atirados de repente para esta situação, tínhamos aqueles instrumentos em casa que usávamos pouco muitos de nós e, de repente, todas as gerações começaram a usar", explica o professor catedrático.

Assim, ressalva, "o ensino presencial atual e o ensino à distância futuro vão-se fundir para dar várias formas que se adaptam às situações da forma mais adequada possível".

Esta revolução de que José Tribolet fala vai ser acompanhada pela promessa do Governo de que, a partir do próximo ano letivo, todos os alunos do Ensino Básico e Secundário vão ter acesso a equipamentos e rede para proporcionar condições de igualdade em todo o território nacional e em todos os contextos familiares.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de