"Curva controlada" em Portugal. Covid-19 causou 34 mortes e 444 contágios nas últimas 24 horas

Foram registadas 34 novos óbitos provocados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas.

Estão confirmadas 854 mortes devido à Covid-19 em Portugal, mais 34 nas últimas 24 horas, numero idêntico ao último balanço (em que se registaram 35 óbitos em 24 horas), sinal de que há no país uma "curva da doença controlada", nas palavras de Graça Freitas,

Há 444 novos casos de contágio, elevando para 22.797 o número de pessoas infetadas pela doença, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.

Até ao momento 1228 pessoas conseguiram recuperar, mais 27 desde o último balanço.

Há 29.621 casos em vigilância pelas autoridades de saúde e 4377 pessoas aguardam resultado laboratorial para saber se estão, ou não, infetadas. Foram também registados até agora 200.219 casos em que o resultado dos testes foi negativo.

Na conferência de imprensa diária de atualização de informação relativa à infeção pelo novo coronavírus (Covid-19), Graça Freitas realçou que, em Portugal, há uma "curva da doença controlada", "mas não são níveis zero nem pendem para zero". Assim, casos permitem que "SNS tenha tido forma de responder de forma adequada às pessoas".

"Se adoecermos hoje, o nosso SNS tem capacidade de nos atender e tratar", reitera, frisando que no momento de um regresso à normalidade é preciso "manter distanciamento social, reforçar higiene social e das superfícies".

"Quando não estivermos no estado de emergência temos de manter regras", enalteceu.

A DGS indica ainda que 1068 doentes estão internados em hospitais, 188 dos quais em unidades de cuidados intensivos, segundo informações reportadas pelos Hospitais, Administrações Regionais de Saúde e Regiões Autónomas. A grande maioria dos doentes contagiados está a recuperar em casa.

No que toca aos óbitos, 491 foram registados no Norte, 183 no Centro, 160 na região de Lisboa, 11 no Algarve, um no Alentejo e oito nos Açores. O arquipélago da Madeira continua a não registar vítimas mortais.

Entre os casos de contágio há mais doentes do sexo feminino (13438 mulheres e 9359 homens contraíram Covid-19). Os números absolutos da mortalidade são quase idênticos nos homens (426 óbitos) como nas mulheres (428 óbitos). A maioria das pessoas que morreram depois de terem infetados pelo novo coronavírus tinham mais de 80 anos (574 casos).

O Norte é a região que regista o maior número de casos de contágio confirmados (13707), seguida de Lisboa e Vale do Tejo (5277), da região Centro (3116), do Algarve (320) e do Alentejo (183). Há 109 casos nos Açores e 85 na Madeira.

Esta é a caracterização demográfica dos casos confirmados por concelho, segundo a informação reportada pelas Administrações Regionais de Saúde e Regiões Autónomas:

A DGS refere que a informação por concelho "refere ao total de notificações clínicas no sistema SINAVE, correspondente a 81% dos casos confirmados". Quando os casos confirmados são inferiores a 3, por motivos de confidencialidade, os dados não são apresentados.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de