"No fim de setembro teremos praticamente toda a população vacinada"

Coordenador da task force concretizou com datas.

Até ao final do mês de setembro quase toda a população elegível para a vacina contra a Covid-19 já terá a vacinação completa. A garantia é do vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, que admite ser possível, para essa altura, "a libertação total da sociedade", tal como defendeu António Costa esta terça-feira.

"Vamos ter a população praticamente toda vacinada, toda a que é elegível para vacinação, no fim do verão. O processo de vacinação vai, certamente, libertar a sociedade portuguesa", explicou Gouveia e Melo.

O coordenador da task force concretizou com datas.

"Setenta por cento [da população] com a primeira dose vamos atingir entre 8 e 15 de agosto e nessa altura teremos 50 a 55% com a segunda dose. Em meados de setembro já atingiremos 85% com a primeira dose e cerca de 70% com a segunda dose. No fim de setembro teremos praticamente toda a população vacinada", acrescentou o coordenador da task force.

O vice-almirante Gouveia e Melo recebeu esta terça-feira, em Vila Real, a medalha de ouro de mérito municipal e aproveitou para fazer um agradecimento a todos os profissionais envolvidos no processo de vacinação.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17 219 pessoas e foram registados 935 246 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de